Google+ Followers

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Une app du Musée d'art moderne de San Francisco fait sensation. - L’iniziativa del MOMA di San Francisco. Manda un sms al museo e ricevi la foto di un’opera. - Um aplicativo do Museu de Arte Moderna de sensação San Francisco.


Le Musée d'art moderne de San Francisco aux Etats-Unis a eu une idée de génie pour exploiter la collection du musée cachée dans les caves. En envoyant un sms avec un mot-clé ou un émoji, on reçoit la photo d'une oeuvre d'art.

Douze mille demandes ont été enregistrées les quatre premiers jours suivant le lancement de l'opération. La semaine passée, plus de deux millions d'images ont été envoyées. C'est là le succès rencontré par "Send Me SFMOMA".

Rendre visible les réserves dormantes

En envoyant un sms à l'adresse dite, l'application fouille la réserve riche de plus de 34'000 oeuvres d'art du Musée d'art moderne de San Francisco, le SFMOMA (San Francisco Museum of Modern Art), dont seuls 5% sont visibles à la fois dans les salles. En réponse, l'application vous envoie une oeuvre qu'elle juge correspondante.



C'est une exploitation ludique des réserves dormantes qui invite, par le jeu, à devenir intime avec les entrailles du Musée. Aux sms d'insultes, le Musée répond qu'il n'a pas trouvé d'oeuvre adéquate.

Alain Croubalian / hof




Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,
mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 
A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 

but what modifies the way of looking and hearing.



--it 
L’iniziativa del MOMA di San Francisco. Manda un sms al museo e ricevi la foto di un’opera.

Un servizio innovativo permette di esplorare la collezione del Museo d’Arte Moderna di San Francisco utilizzando i messaggini del cellulare. Un modo divertente per connettere gli utenti con le istituzioni artistiche e divulgare il loro patrimonio.



La maggior parte dei musei possiede una collezione molto vasta, impossibile da mettere in mostra tutta in una volta. E nonostante le opere vengano spesso fatte ruotare nelle sale, in alcuni casi è impossibile farle conoscere tutte al pubblico. È per questo che molte istituzioni, aiutate dai mezzi di riproduzione e comunicazione offerti dalle nuove tecnologie, stanno immaginando nuovi sistemi per divulgare una conoscenza più approfondita delle proprie collezioni.

MANDA UN SMS ALLO SFMOMA

Il Museo d’Arte Moderna di San Francisco ha da poco lanciato un nuovo servizio telefonico chiamato Send Me SFMOMA che sfrutta gli sms per connettersi direttamente ai propri utenti. Come funziona? Basta inviare un messaggio di testo dal proprio cellulare al 572-51 (si tratta di un numero statunitense) chiedendo di poter ricevere un’opera e utilizzando la seguente sintassi: le parole “send me” seguite da un aggettivo, un nome o addirittura un emoji. Il sistema, messo a punto dal team di comunicazione digitale del museo guidato dal Creative Technologist Jay Mollica, invierà in automatico l’immagine di un lavoro scelto tra i quasi 35mila conservati nelle sale e nei depositi. Commenta Mollica sul blog dello SFMOMA: “In un mondo sommerso dalle informazioni, ci siamo chiesti: in che modo possiamo creare delle connessioni personali tra i diversi tipi di persone e le opere in collezione? In che modo possiamo offrire un’esperienza più completa del nostro patrimonio?”






--br via tradutor do google
Um aplicativo do Museu de Arte Moderna de sensação San Francisco.

O Museu de Arte Moderna de San Francisco, nos Estados Unidos teve uma idéia de gênio de usar a coleção do museu escondido em porões. Ao enviar um SMS com uma palavra-chave ou emoji, você obter uma imagem de uma obra de arte.

Doze mil pedidos foram registrados nos quatro primeiros dias após o lançamento da operação. Na semana passada, mais de dois milhões de imagens foram enviadas. Este é o lugar onde o sucesso recebido por "Envie-me SFMOMA."

Tornando visíveis as reservas adormecidas

Ao enviar um SMS para o endereço apontado, a aplicação procura a rica reserva de mais de 34.000 obras de arte do Museu de Arte Moderna de San Francisco, SFMOMA (San Francisco Museum of Modern Art), que só 5% são visíveis tanto nos cinemas. Em resposta, a aplicação envia um trabalho que mesmo juiz.

É um uso lúdico de reservas latentes solicitado pelo jogo, para se tornar íntimo com as entranhas do Museu. insultos SMS, o Museu respondeu que ele não encontrou trabalho adequado.

Alain Croubalian / Hof




--------------- 0 ------------
A iniciativa do MOMA em San Francisco. Envie um SMS para o museu e receber a imagem de uma obra.

Um serviço inovador permite-lhe explorar a coleção do Museu de Arte Moderna de mensagens de texto San Francisco usando o telefone. Uma maneira divertida de conectar os usuários com as instituições artísticas e divulgar seus ativos.

A maioria dos museus tem uma coleção muito grande, impossível mostrar tudo de uma vez. E embora as suas obras muitas vezes são rodados nas salas, em alguns casos, é impossível conhecê-los todos para o público. É por isso que muitas instituições, ajudadas por meio de reprodução e comunicação oferecido pelas novas tecnologias, eles estão imaginando novas maneiras de disseminar uma melhor compreensão de suas coleções.

Envie um SMS para SFMOMA

O Museu de Arte Moderna de San Francisco acaba de lançar um novo serviço de telefone chamado Send Me SFMOMA que usa mensagens de texto para se conectar diretamente a seus usuários. Como isso funciona? Basta enviar uma mensagem de texto de seu telefone móvel na 572-51 (este é um número dos EUA) pedindo para receber um trabalho e usando a seguinte sintaxe: as palavras "envia-me" seguido por um adjetivo, um nome ou mesmo um emoji. O sistema, desenvolvido pela equipe de Comunicação Digital do museu levou pela Creative Technologist Jay Mollica, enviar automaticamente a imagem de uma obra escolhido entre os quase 35.000 armazenados nos salões e armazéns. Comentários no blog do SFMOMA Mollica: "Em um mundo inundado com informações, nós nos perguntamos: como podemos criar conexões pessoais entre os diferentes tipos de pessoas e obras na coleção? Dessa forma, podemos oferecer uma experiência mais completa de nossa herança? "


Nenhum comentário:

Postar um comentário