Google+ Followers

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Navio de guerra será transformado em museu em Rio Grande, no Rio Grande do Sul, Brasil.

Corveta Imperial Marinheiro foi incorporada à Marinha do Brasil em 1955. 
Navio ficará aberto à visitação a partir da primeira quinzena de agosto.



O Museu Náutico da Universidade Federal de Rio Grande (FURG), na Região Sul do Rio Grande do Sul, está se preparando para receber uma relíquia. Um navio de guerra utilizado pela Marinha agora vai virar um museu, como mostra a reportagem do Jornal do Almoço, da RBS TV (veja o vídeo).

Incorporada à Marinha do Brasil em 1955, a corveta Imperial Marinheiro foi construída na Holanda, tem 56 metros de comprimento, tripulação de 64 marinheiros, capacidade para transportar mais de 900 toneladas e poderio de fogo com canhões e metralhadoras.

Desde 1983, a embarcação tinha como base a Estação Naval em Rio Grande. Agora, uma portaria da Marinha determinou a sua despedida das operações militares.

Navio vai virar museu em Rio Grande (Foto: Reprodução/RBS TV)

Na sua aposentadoria, a corveta vai trocar o mar pelo Cais do Porto Histórico de Rio Grande e será transformada em um navio museu. A proposta foi feita pela Universidade Federal de Rio Grande, que mantém um Museu Náutico em um dos armazéns do porto. A Marinha concordou, e o acervo de embarcações originais terá o reforço do navio de guerra.

"Rio Grande será a terceira cidade do Brasil, depois do Rio de Janeiro e Belém, a ter navios museus e isso será fundamental, já que Rio Grande é terra de Tamandaré, patrono da Marinha e de outros heróis militares", diz o comandante do Quinto Distrito Naval, vice-almirante Leonardo Puntel.

O navio ficará aberto à visitação do público a partir da primeira quinzena de agosto.


fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti  http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2015/06/navio-de-guerra-sera-transformado-em-museu-em-rio-grande-no-rs.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário