Google+ Followers

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Xploring Hungary: Orthodox Museum In Miskolc --

The exhibition called 'The artistic and cultural heritage of the Hungarian Orthodox Church' extends to three rooms full of ecclesiastic treasures originating from Orthodox churches and parishes in Budapest, Miskolc, Eger, Gyöngyös, Szentes, Kecskemét, Üröm, Karcag and Nyíregyháza.


"This exhibition introduces the visitor to the history and cultural heritage of the Eastern Orthodox church with the help of goldsmith works, textiles, icons and documents. Rebuilt in 1805, the former school erected by the trading association in the grounds of the Miskolc Orthodox church has been home to the museum since 1988.


The corridor of this small but rich museum holds a collection of church and school history pertaining to the Greek settlers who arrived in Hungary during the 17th-18th century. It is in particular their multifaceted cultural heritage which the museum showcases. The first room is actually the reconstruction of a chapel and reflects the atmosphere of the period when Orthodox believers gathered for liturgy in small chapels rather than in monumental Baroque churches. The copperplate consecration icons of the Orthodox churches in Hungary are kept here.

The second room contains woven and embroidered liturgical textiles and goldsmiths' works. Of particular significance is a set of blankets woven with metal fibres in the Zuzana girls' school in Constantinople. Some goldsmith works originate from the Balkans and from Venice, others were created in Hungary. A three-part set (chalice, altar cross and episcopal candlestick) created in 1721 in Moscopolis is a masterpiece of 15th-century Macedonian goldsmithery.

The third room displays a rich collection of goldsmith artwork and on the wall screens the icon collection is on view. Icon painting is guided by a strict canon of symbols and instruments. Up to the most minute details painters adhere to narrative and illustrated iconographic. By the 18th century in Hungary icons were only painted by a few workshops of a lesser standard; more significant works were commissioned from invited or itinerant icon painters. One of the most outstanding and beautiful pieces is a Suffering Mother of God created by a member of the Cretan-Venetian circle.

Today the Hungarian Orthodox Church's headquarters are in Budapest and they have six parishes and three outparishes comprised of Orthodox believers mainly of Hungarian and Russian origin, belonging as they do to the Patriarchate of Moscow."

This is part of the Xploring Hungary series sponsored by FoxAutorent, 'The Leading Independent Car Rental Company In Hungary'. Save 5% on car rental by using the Fox Autorent booking engine on XpatLoop.com

How to get there:
By public transport, Miskolc is on the Budapest-Sátoraljaújhely, Budapest-Nyíregyháza railways line. The city is also available by coaches from Debrecen, Nyíregyháza, Eger and Budapest. As a traffic hub, Miskolc has frequent bus or railway links with surrounding cities such as Edelény, Eger, Kazincbarcika, Mezőkövesd, Ózd, Sátoraljaújhely, Szerencs, Tiszaújváros, Tokaj, and Kosice/Kassa in Slovakia. By car, take the M3 motorway, from Ózd and Kazincbarcika Route 27, from Kosice/Kassa Road 3, from Sátoraljaújhely and Tokaj Route 37, and from Tiszaújváros-Debrecen Route 35.



fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti


Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Vamos compartilhar.


--br via tradutor do google

Xploring Hungria: Museu ortodoxo em Miskolc
"Esta exposição introduz o visitante à história e do património cultural da Igreja Ortodoxa com a ajuda de ourives funciona, têxteis, ícones e documentos. Reconstruído em 1805, a antiga escola erigido pela associação de comércio nas terras da igreja Miskolc Ortodoxa tem sido o lar do museu desde 1988.


A exposição intitulada "O património artístico e cultural da Igreja Ortodoxa húngaro 'estende-se a três salas cheias de tesouros eclesiásticos provenientes de igrejas ortodoxas e paróquias em Budapeste, Miskolc, Eger, Gyöngyös, Szentes, Kecskemét, Üröm, Karcag e Nyíregyháza.

O corredor de este pequeno, mas rico museu possui uma coleção de igreja e escola história relativos aos colonos gregos que chegaram na Hungria durante o 17o-18o século. É, nomeadamente, o seu património cultural multifacetada que as vitrines do museu. O primeiro quarto é, na verdade, a reconstrução de uma capela e reflecte a atmosfera do período quando os crentes ortodoxos se reuniram para liturgia em pequenas capelas e não em igrejas barrocas monumentais. Os ícones copperplate consagração das igrejas ortodoxas na Hungria são mantidos aqui.

O segundo quarto contém tecido e têxteis litúrgicos bordados e obras de ourivesaria. De particular importância é um conjunto de cobertores tecidos com fibras de metal na escola das meninas Zuzana em Constantinopla. Alguns ourives funciona originários dos Balcãs e de Veneza, outros foram criados na Hungria. Um conjunto de três partes (cálice, cruz do altar e episcopal castiçal), criado em 1721 em Moscopolis é uma obra-prima da ourivesaria macedônio do século 15.

O terceiro quarto exibe uma rica coleção de obras de arte de ourives e nas telas de parede da coleção ícone está em vista. Pintura ícone é guiado por um cânone estrito de símbolos e instrumentos. Até os detalhes mais minuciosos pintores aderem à narrativa e ilustrados iconográfica. Por volta do século 18 em ícones Hungria só foram pintados por algumas oficinas de menor padrão; obras mais significativas foram encomendados a partir de convidados ou itinerantes ícone pintores. Uma das peças mais marcantes e belos é uma Mãe O sofrimento de Deus criada por um membro do círculo de Creta-Venetian.

Hoje, os húngaros sede da Igreja Ortodoxa está em Budapeste e eles têm seis paróquias e três outparishes composta de crentes ortodoxos, principalmente de origem húngara e russa, pertencente como eles fazem para o Patriarcado de Moscou. "

Esta é parte da série Xploring Hungria patrocinado pela FoxAutorent, 'The Leading Independent Car Rental Company Na Hungria ". Economize 5% sobre o aluguer de automóveis, utilizando o motor de reserva Fox Autorent em XpatLoop.com

Como chegar:
De transportes públicos, Miskolc está na linha de caminhos de ferro Budapest-Sátoraljaújhely, Budapest-Nyíregyháza. A cidade também está disponível por treinadores de Debrecen, Nyíregyháza, Eger e Budapeste. Como um centro de tráfego, Miskolc tem de ônibus ou de trem ligações frequentes com cidades vizinhas, como Edeleny, Eger, Kazincbarcika, Mezőkövesd, Ózd, Sátoraljaújhely, Szerencs, Tiszaújváros, Tokaj, e Kosice / Kassa, na Eslováquia. De automóvel, siga pela auto-estrada M3, a partir Ózd e Kazincbarcika Route 27, a partir de Kosice / Kassa Road 3, a partir Sátoraljaújhely e Tokaj Route 37, e de Tiszaújváros-Debrecen Route 35.

Nenhum comentário:

Postar um comentário