Google+ Followers

quinta-feira, 24 de março de 2016

Ao Ibram, coube a análise do projeto Exposição de reabertura do Museu Casa Alphonsus de Guimaraens.

242ª CNIC aprova 6 projetos na área museal


A Comissão Nacional de Incentivo à Cultura – CNIC, realizou, entre os dias 8 e 10 de março, em Parnaíba, no Piauí, a sua 242ª reunião. Na oportunidade, foram analisados 404 projetos e aprovou a captação de recursos de renúncia fiscal via Lei Rouanet para 388 deles, o que soma um total de mais de R$ 270 milhões passíveis de serem investidos em projetos culturais. Na área de museus, foram aprovados seis projetos, num valor total de cerca de R$ 3,4 milhões.

Ao Ibram, coube a análise do projeto Exposição de reabertura do Museu Casa Alphonsus de Guimaraens. Além dele, foram aprovados os seguinte projetos, analisados por outras vinculadas: Jogando com as cores NAIF; Ateliers Pernambucanos 1974 – 1984; Exposição de Arte – Retrospectiva 30 anos Prêmio Design; Crescer com arte e Tércio da Gama – Pinturas Recentes. Veja os pareceres e saiba mais sobre os projetos aprovados aqui.


Casa em que viveu o poeta simbolista Alphonsus de Guimaraens.

Sobre a CNIC

Com uma agenda mensal de reuniões que se revezam entre a capital federal e encontros itinerantes em cidades de diferentes regiões do país, a CNIC é um colegiado formado por representantes dos setores culturais e empresariais, da sociedade civil e do poder público.

A comissão possui caráter consultivo e é responsável por subsidiar o Ministério da Cultura no enquadramento dos projetos culturais às finalidades e objetivos previstos pela Lei Rouanet para a captação de recursos por renúncia fiscal.









Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

A cultura é o único antídoto que existe contra a ausência de amor.

Vamos compartilhar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário