Google+ Followers

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Chinese Lacquer Ware - exquisite Chinese craft. --- Chinês Lacquer Ware - artesanato chinês requintado. --- 中国漆器 - 精致的中国工艺。

The lacquer ware is one of exquisite Chinese crafts. Chinese lacquer ware has a long history dating back as early as the New Stone Age. The original wares in China were those coated with black and red lacquers. From the Shang Dynasty to the Han, colorful painting, gold inlaying and other techniques were introduced into the making of lacquer ware. The oldest lacquer ware discovered dates back to the Warring State Period (403--221 BC) when lacquer ware was popular.






Chinese lacquer is a natural varnish made from the sap of the lacquer tree. China is abundant in lacquer resources. Lacquer trees in Mainland China are distributed in some 550 counties in 23 provinces. Exposed to air, it forms a plastic coat, resistant to water, acid or alkaline corrosion. To make lacquer ware, a base coat is applied to a core material, followed by extremely thin layers of the finest lacquer. Once these have dried, a final layer is added to make the lacquer strong and light, whilst maintaining the elegant appearance and harmonious color. It was in the Tang, Song and Yuan dynasties, when the lacquer ware production started to flourish.

Fuzhou is well-known for the "bodiless lacquerware", one of the "Three Treasures" of Chinese arts and crafts (the other two being Beijing cloisonne and Jingdezhen porcelain). Fuzhou lacquer wares are resistant to heat, acid, alkali and electricity.

The lacquer wares made in Yangzhou are famous for their elegance and delicacy and the unique creative technique. Yangzhou lacquer articles are distinguished not only by carvings in relief but by exquisite patterns inlaid with gems, gold, ivory and mother of pearl. The products are normally screens, cabinets, tables, chairs, vases, trays, cups, boxes and ashtrays.

Pingyao, an ancient town in Shanxi Province, produces lacquer ware which features the luster polished by craftsmen's palms.

The making of Beijing lacquerware starts with a brass or wooden body. After preparation and polishing, it is coated with several dozen up to hundreds of layers of lacquer, reaching a total thickness of 5 to 18 millimetres. Then, gravers will cut into the hardened lacquer, creating "carved paintings" of landscapes, human figures, flowers and birds. It is then finished by drying and polishing. Traditional Beijing lacquer objects are in the forms of chairs, screens, tea tables, vases, etc. Emperor Qianlong of the Qing Dynasty, an enthusiast for lacquerware, had his coffin decorated with carved lacquer.

Before the invention of the Chinese ink, lacquer had been used for writing. Twenty-eight bamboo clips found in a Warring States (475-221 B. C. ) tomb at Changtaiguan, Xinyang, Henan Province, bear a list of the burial objects with the characters written in lacquer.








Cultura e conhecimento são ingredientes essenciais para a sociedade.

Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,

mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 

A cultura e o amor devem estar juntos.

Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 

but what modifies the way of looking and hearing.



--br via tradutor do google
Chinês Lacquer Ware - artesanato chinês requintado.

Os produtos de laca é um dos requintados artesanato chinês. Louças de laca chinesa tem uma longa história que remonta tão cedo quanto a Nova Idade da Pedra. Os produtos originais na China eram aqueles revestidos com lacas pretas e vermelhas. Da dinastia Shang ao Han, pintura colorida, incrustação de ouro e outras técnicas foram introduzidas na confecção de laca ware. Os produtos mais antigos de laca descobertos datam do Período do Estado Guerreiro (403-221 aC), quando os utensílios de laca eram populares.

A laca chinesa é um verniz natural feito da seiva da árvore de laca. A China é abundante em recursos de laca. As árvores da laca na China continental estão distribuídas em aproximadamente 550 condados em 23 províncias. Exposto ao ar, forma um revestimento plástico, resistente à água, corrosão ácida ou alcalina. Para fazer produtos de laca, um revestimento de base é aplicado a um material de núcleo, seguido por camadas extremamente finas da laca mais fina. Uma vez que estes secaram, uma camada final é adicionada para fazer a laca forte e leve, mantendo a aparência elegante e cor harmoniosa. Foi nas dinastias Tang, Song e Yuan, quando a produção de lacas começou a florescer.

Fuzhou é bem conhecido pelo "laca sem corpo", um dos "Três Tesouros" das artes e ofícios chineses (os outros dois são o cloisonne de Pequim e a porcelana de Jingdezhen). Os produtos da laca de Fuzhou são resistentes ao calor, ao ácido, ao alcalóide e à eletricidade.

Os produtos de laca feitos em Yangzhou são famosos por sua elegância e delicadeza ea técnica criativa única. Yangzhou laca artigos são distinguidos não só por esculturas em relevo, mas por padrões requintados embutidos com gemas, ouro, marfim e madrepérola. Os produtos são normalmente telas, armários, mesas, cadeiras, vasos, bandejas, copos, caixas e cinzeiros.

Pingyao, uma antiga cidade na província de Shanxi, produz laca ware que apresenta o brilho polido por artesãos palmas.

A fabricação de laca de Pequim começa com um corpo de latão ou madeira. Após a preparação e polimento, é revestido com várias dúzias até centenas de camadas de laca, atingindo uma espessura total de 5 a 18 milímetros. Em seguida, os graveres irão cortar a laca endurecida, criando "pinturas esculpidas" de paisagens, figuras humanas, flores e pássaros. É então terminado por secagem e polimento. Os objetos tradicionais da laca de Beijing estão nas formas de cadeiras, de telas, de tabelas de chá, de vasos, etc. O imperador Qianlong da dinastia de Qing, um entusiasta para lacquerware, teve seu caixão decorado com laca cinzelada.

Antes da invenção da tinta chinesa, a laca tinha sido usada para escrever. Vinte e oito grampos de bambu encontrados em um túmulo dos Estados Combatentes (475-221 B. C.) em Changtaiguan, Xinyang, província de Henan, carregam uma lista dos objetos de enterro com os caráteres escritos na laca.






--chines simplificado
中国漆器 - 精致的中国工艺。

漆器是精致的中国工艺品之一。中国漆器具有悠久的历史,早在新石器时代。中国的原始商品是涂有黑色和红色漆的。从商代到汉,多彩的画,金镶嵌等技术被引入漆器的制作。发现的最古老的漆器可追溯到战国时期(公元前403--221年),当漆器受欢迎时。

  
中国漆是由漆树的树汁制成的天然漆。中国漆面资源丰富。中国大陆的漆树分布在23个省550个县。暴露于空气中,形成塑料涂层,耐水,耐酸碱腐蚀。为了制备漆器,将底漆施加到芯材料上,随后施加非常薄的最细的漆层。一旦这些已经干燥,添加最后一层使漆强和轻,同时保持优雅的外观和和谐的颜色。它是在唐宋元时,漆器生产开始蓬勃发展。

福州以中国工艺品“三宝”之一(其他两个是北京景泰蓝和景德镇瓷器)“无色漆器”而闻名。福州漆器耐热,耐酸,耐碱,耐电。

在扬州制造的漆器以其优雅和精致以及独特的创意技术而闻名。扬州漆器不仅通过雕刻浮雕,而且通过镶嵌宝石,金子,象牙和珍珠母的精美图案而闻名。产品通常是屏幕,橱柜,桌子,椅子,花瓶,托盘,杯子,盒子和烟灰缸。

平遥,山西省的一个古镇,生产漆器,具有工匠手掌抛光的光泽。

北京漆器的制作从一个黄铜或木制的身体开始。在制备和抛光后,其涂覆有几十至多达数百层的漆,达到总厚度为5至18毫米。然后,雕刻工将切入硬化的漆,创造景观,人物,花卉和鸟类的“雕刻的绘画”。然后通过干燥和抛光来完成。传统的北京漆器以椅子,屏风,茶几,花瓶等形式出现。清代干隆,漆器的爱好者,他的棺材用雕刻的漆装饰。


在发明中国墨水之前,已经使用漆来书写。在河南省新阳市长台关的一个战国(475-221 B.C。)坟墓中发现的二十八个竹,,列有用漆写的字符的埋葬物。

Nenhum comentário:

Postar um comentário