Google+ Followers

quinta-feira, 18 de maio de 2017

International Museum Day. Be sure to take full advantage of this deal-fueled day in Philadelphia. --- Dia Internacional dos Museus. Certifique-se de aproveitar ao máximo este dia de negócios na Filadélfia.

This Thursday, the Philadelphia Museum of Art swings open its doors and invites the public in for free. That’s right, on Thursday, May 18 score free admission to the Philadelphia Museum of Art thanks to the museum’s participation in International Museum Day.



International Museum Day, presented by the International Council of Museums, is a day of special events and free admission at museums across the world.

From 10 a.m. to 5 p.m. on Thursday, May 18, museum-goers can score free admission to the main building at the Philadelphia Museum of Art, the adjacent Perelman Building and the Rodin Museum.

Both the special exhibitions and the permanent collection throughout the museum will be open to International-Museum-Day guests. Beyond art browsing, guests can also enjoy music, crafts and special tours of the museums.

In addition to the museum, Cedar Grove (one of the Historic Homes of Fairmount Park) offers free admission this Thursday, too. The beautiful Cedar Grove was a private residence that was built in 1748-1750 and is now home to special tours and events throughout the year.

Be sure to take full advantage of this deal-fueled day in Philadelphia.

-
The Experience

Like Philadelphia’s own Parthenon, the Philadelphia Museum of Art sits majestically on a rise at the end of the Benjamin Franklin Parkway. The vast collections of this temple of art make it the third-largest art museum in the country, and an absolute must-see on the city’s cultural circuit.

Among its impressive holdings in Renaissance, American, Impressionist and Modern art, some standouts include a great Rogier van der Weyden altarpiece, a large Bathers by Cezanne, a room devoted to Philadelphia’s own Thomas Eakins, and Marcel Duchamp’s notorious mixed-media Bride Stripped Bare by her Bachelors (The Large Glass), exactly as the dada master installed it.

Upstairs, breathe in other cultures and times through over 80 period rooms, from the medieval cloister to the Indian temple. The Museum has wowed visitors in recent years with shows it helped to organize, from Cezanne and Degas to Brancusi and Barnett Newman.


Friday Nights

Friday Nights and Final Fridays events at the Philadelphia Museum of Art feature live jazz or international music concerts and a cash bar in the Great Stair Hall every Friday of the month. The performances focus on jazz, but also feature a smattering of international, soul and rhythm and blues starting at 5 p.m.

FRIDAY NIGHTS AND FINAL FRIDAYS

Admission

Your ticket to the Philadelphia Museum of Art grants you two-consecutive days admission to the museum along with admission to the Ruth and Raymond G. Perelman Building and the restored Rodin Museum and Historic House Mount Pleasant.


Pay-What-You-Wish

On the first Sunday of the month and every Wednesday after 5 p.m., you can name your price of admission.

PURCHASE TICKETS ONLINE

Frank Gehry’s Master Plan for the Philadelphia Museum of Art

A long-time in the making, the museum is about to undergo an ambitious renovation, revitalization and expansion with the assistance of famed architect Frank Gehry.

The multi-phase, multi-year plan touch every part of the museum with a major focus on opening up the interior space and making it more navigable for visitors.

TAKE A CLOSER LOOK

History

Founded during the nation’s first centennial in 1876 as a museum of decorative arts, the Museum soon outgrew its quarters in Fairmount Park’s Memorial Hall. Its new building, in the form of three linked Greek temples, opened in 1928. Julian Abele, the chief designer and the first African-American graduate of the University of Pennsylvania’s architecture school, was inspired by the temples he saw while traveling in Greece.





fonte: @edisonmariotti #edisonmariotti



Cultura não é o que entra pelos olhos e ouvidos,
mas o que modifica o jeito de olhar e ouvir. 
A cultura e o amor devem estar juntos.


Vamos compartilhar.

Culture is not what enters the eyes and ears, 
but what modifies the way of looking and hearing.




--br via tradutor do google

Dia Internacional dos Museus. Certifique-se de aproveitar ao máximo este dia de negócios na Filadélfia.

Nesta quinta-feira, o Museu de Arte de Filadélfia balanços abre suas portas e convida o público em para livre. Isso mesmo, na quinta-feira, 18 de maio pontuação entrada gratuita para o Museu de Arte de Filadélfia, graças à participação do museu no Dia Internacional dos Museus.

Dia Internacional dos Museus, apresentado pelo Conselho Internacional de Museus, é um dia de eventos especiais e entrada gratuita em museus de todo o mundo.

Das 10h às 17h na quinta-feira, 18 de maio, os visitantes do museu podem participar gratuitamente no edifício principal do Museu de Arte de Filadélfia, do edifício adjacente Perelman e do Museu Rodin.

Tanto as exposições especiais como a coleção permanente em todo o museu estarão abertas aos convidados do International-Museum-Day. Além de navegar arte, os hóspedes também podem desfrutar de música, artesanato e passeios especiais dos museus.

Além do museu, Cedar Grove (uma das casas históricas de Fairmount Park) oferece entrada gratuita nesta quinta-feira, também. A bela Cedar Grove foi uma residência privada que foi construída em 1748-1750 e é agora o lar de passeios e eventos especiais ao longo do ano.

Certifique-se de aproveitar ao máximo este dia de negócios na Filadélfia.

-
A experiência
Como o próprio Parthenon da Filadélfia, o Museu de Arte de Filadélfia senta-se majestosamente em uma ascensão no final do Benjamin Franklin Parkway. As vastas coleções deste templo de arte torná-lo o terceiro maior museu de arte do país, e um absoluto must-see no circuito cultural da cidade.

Entre suas impressionantes exibições na arte renascentista, americana, impressionista e moderna, destacam-se um grande retábulo de Rogier van der Weyden, um grande Bathers de Cezanne, uma sala dedicada ao próprio Thomas Eakins da Filadélfia e a notória mídia mista de Marcel Duchamp Bride Stripped Bare Por seu Bachelors (o grande vidro), exatamente como o mestre do dada instalou-o.

No andar de cima, respirar outras culturas e tempos através de mais de 80 quartos período, a partir do claustro medieval para o templo indiano. O Museu tem atraído visitantes nos últimos anos com shows que ajudou a organizar, de Cezanne e Degas para Brancusi e Barnett Newman.

Noites de sexta-feira
As noites de sexta-feira e as últimas sextas-feiras no Museu de Arte de Filadélfia apresentam jazz ao vivo ou concertos musicais internacionais e um bar de dinheiro no Great Stair Hall todas as sextas-feiras do mês. As performances se concentram no jazz, mas também apresentam um pouco de internacional, soul e rhythm and blues a partir das 5 da noite.

NOITES DE SEXTA-FEIRA E VIERNES FINAIS

Admissão

Seu bilhete para o Museu de Arte da Filadélfia concede-lhe dois dias consecutivos de admissão para o museu, juntamente com a admissão para o Ruth e Raymond G. Perelman Building e do Museu restaurado Rodin e Historic House Mount Pleasant.

Pay-What-You-Wish

No primeiro domingo do mês e todas as quartas-feiras depois das cinco da tarde, você pode nomear seu preço de admissão.

COMPRA ENTRADAS ONLINE

Plano Diretor de Frank Gehry para o Museu de Arte de Filadélfia

Há muito tempo em construção, o museu está prestes a sofrer uma ambiciosa renovação, revitalização e expansão com a assistência do famoso arquiteto Frank Gehry.

O plano multi-fase, plurianual tocar em todas as partes do museu com um grande foco na abertura do espaço interior e tornando-o mais navegável para os visitantes.

OLHE MAIS DE PERTO

História
Fundado durante o primeiro centenário da nação em 1876 como um museu de artes decorativas, o Museu em breve superou seus quartos no Memorial Hall do Fairmount Park. O seu novo edifício, sob a forma de três templos gregos ligados, abriu-se em 1928. Julian Abele, o designer-chefe eo primeiro graduado afro-americano da escola de arquitectura da Universidade da Pensilvânia, foi inspirado pelos templos que via ao viajar na Grécia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário